Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

ARTIGOS

VOCAÇÃO CAMINHO DE SANTIDADE?

 

 

Muito se ouve dizer sobre santidade, porém, ao olharmos à vida de muitos santos, podemos concluir que santidade é assumir e realizar a vontade de Deus, logo, é vontade de Deus que amemos uns aos outros como Ele nos amou (Jo 15,12). Assim, não podemos ser santos se não soubermos amar, ver cada pessoa como irmão e irmã, e construir o Reino de Deus em cada pequena circunstância.

Vocação à santidade é o caminho escolhido por Deus a todos nós. Eis que nos diz Jesus: “Sede Santos como vosso Pai do Céu é Santo” (Mt 5,48). Essa santidade deve ser vivida por nós de forma concreta; não como saída da realidade e intimismo, mas como compromisso com os irmãos, sobretudo com os que mais sofrem por carência material ou espiritual. Também não podemos esquecer a nossa condição humana: somos limitados, precisamos nos abrir aos contornos das mãos do Oleiro de nossas vidas e pedir a Ele: “Senhor completai em mim a obra começada” (Sl 137). Contudo, a certeza de sermos escolhidos por Jesus deve nos acompanhar durante toda a nossa vida. Ele sabia que éramos fracos, no entanto, contemplou-nos e nos chamou; um chamado que implica missão, enviando-nos e agindo por nós.

Quando acolhemos a vocação e falamos o nosso sim a Deus, ela se torna para nós um caminho de santificação, pois, vamos nos tornando mais humanos e parecidos com o Mestre Jesus. É imprescindível que todos os cristãos vivam dentro dessa realidade, pois a santidade, além de ser um chamado, é também uma conquista.

Logo, Jesus nos lembra um grande segredo para que possamos alcançar a santidade: “Se alguém quiser vir comigo, renuncie-se a si mesmo, tome sua cruz e siga-me” (Mt 16,24). Daí nasce a verdadeira alegria, pois a riqueza da vocação é fazer-se partilha; é ser livre para

amar e servir a todos.

A vocação é um meio de santidade quando assumimos que somos criados pelo Amor para amar e que Deus nos fez para servi-lo no outro. No entanto, devemos abraçar a cada dia a nossa conversão e crescer humanamente; espiritualmente e, assim, sem dúvida, do nosso ser

brotará uma profunda realização interior.

 

Ir. Rosangela de Jesus, RIC






Ler todas
» Retorno ao Evangelho
» Missionários e Missionárias
» DIA NACIONAL DA VIDA CONSAGRADA
» Papa aos Jovens na Vigília JMJ 2016
» Você tem uma vocação
» 53° Dia Mundial de Oração pelas Vocações
» DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES
» Homilia no Domingo de Ramos da Paixão do Senhor C 2016